Como Saber Se Meu Iphone É Original? - [Novas informações]

Como Saber Se Meu Iphone É Original?

Como Saber Se Meu Iphone É Original

Como faço para saber se o iPhone é original?

6. Número de série do iPhone – Para encontrar o número de série no selecionar, bastar ir em ajustes — Foto: Reprodução/Apple Outra maneira de identificar se um iPhone é original é usando o número de série do aparelho, Todos os telefones da Apple têm um número de série.

Se o usuário quiser consultá-lo, deve ir em Ajustes→ Geral → Sobre. O código é composto por 12 caracteres presentes de forma única em cada telefone. A fabricante também disponibiliza um site para verificar o número de série. O dono do iPhone deve acessar checkcoverage.apple.com/br/pt/ e informar o código de sério visto no menu de Ajustes.

O sistema identifica a versão do aparelho e ainda diz se o celular ainda está na garantia. Caso o smartphone apareça nesse website oficial da Apple, o aparelho que você tem em mãos é original. 🔎 Confira o lançamento do iPhone 14 no vídeo abaixo Confira o lançamento do iPhone 14

Como saber se o iPhone é importado?

Há várias formas diferentes de comprar um iPhone, seja em uma loja brasileira, em uma viagem ao exterior ou então um já usado por outra pessoa. Mas o aparelho nem sempre é igual em todos os países. Na China, por exemplo, há modelos com duas entradas de chip (cartão SIM), ou nos Estados Unidos, que agora virá sem nenhuma delas.

  • Se você, por algum motivo, tem curiosidade de saber qual o país de origem do seu iPhone, há uma maneira simples e fácil de descobrir, diretamente no sistema.
  • A gente já ensinou aqui como saber se seu iPhone é novo, recondicionado ou personalizado,
  • E o processo para descobrir a origem do seu aparelho é exatamente o mesmo.

Você deve procurar nos Ajustes do aparelho um determinado código, que indicará para qual país ele foi direcionado. Seja a seguir o passo a passo como fazer. Passo 1: Abra os Ajustes do sistema. Passo 2: Abra o menu Geral, Passo 3: Toque na opção Sobre, Geral > Sobre > Modelo » Blog do iPhone” decoding=”async” src=”https://localhost/wp-content/uploads/2018/01/Modelo.jpg” alt=”iPhone recondicionado” width=”460″ height=”939″ srcset=”https://blogdoiphone.com/wp-content/uploads/2018/01/Modelo.jpg 1135w, https://blogdoiphone.com/wp-content/uploads/2018/01/Modelo-147×300.jpg 147w, https://blogdoiphone.com/wp-content/uploads/2018/01/Modelo-768×1568.jpg 768w, https://blogdoiphone.com/wp-content/uploads/2018/01/Modelo-502×1024.jpg 502w” sizes=”(max-width: 460px) 100vw, 460px”> Cada aparelho traz consigo um código incorporado, que revela para qual país ele foi fabricado. São as letras imediatamente antes da barra no código do modelo. Independente de onde é fabricado, cada país recebe um modelo específico para ele, Inclusive já ensinamos aqui como descobrir quando um iPhone é fabricado no Brasil: O mesmo código que analisamos no sistema também pode apontar para qual país ele foi fabricado. Abaixo você vê a lista completa desses códigos. Por exemplo, LL é o modelo vendido nos Estados Unidos, PO em Portugal. Confira:

Código Região
AB Egito, Jordânia, Arábia Saudita, Emirados Árabes Unidos
B Irlanda, Reino Unido, também usado para algumas unidades de reposição
BR Brasil (montado no Brasil)
BZ Brasil (montado na China)
C Canadá
CL Canadá
CH China
CZ República Checa
D Alemanha
DN Áustria, Alemanha, Holanda
E México
EE Estônia
FB França, Luxemburgo
FD Áustria, Liechtenstein, Suíça
GR Grécia
HN Índia
IP Itália
HB Israel
J Japão
KH Coréia
KN Noruega
KS Finlândia, Suécia
LA Colômbia, Equador, El Salvador, Guatemala, Honduras, Peru
LE Argentina
LL EUA, Canadá, também usado para algumas unidades de reposição
LZ Chile, Paraguai, Uruguai
MG Hungria
MO Macau, Hong Kong (?)
MY Malásia
NF Bélgica, França, Luxemburgo
PL Polônia
PO Portugal
PP Filipinas
RO Romênia
RS Rússia
SL Eslováquia
SO África do Sul
T Itália
TA Taiwan
TU Turquia
TY Itália
VC Canadá
X Austrália, Nova Zelândia
Y Espanha
ZA Cingapura
ZP Hong Kong, Macau

Basta ver qual conjunto de letras se encontra antes da barra e depois do último número, para determinar qual o país de origem do seu iPhone. Esta curiosidade faz mais sentido quando você compra um aparelho usado ou vindo de outro país.

You might be interested:  Como Passar As Fotos Do Celular Para O Notebook

Porque alguns iPhone não tem nada escrito atrás?

O que observar em um iPhone falso – Selos da Anatel e FCC: essas informações são referentes aos órgãos governamentais (Federal Communications Commission – FCC e Anatel) na parte traseira do aparelho. Em modelos mais novos, como iPhone 8 ou X, não há essa informação na traseira (exceto se ele tenha sido comprado em algum país da União Europeia).

  1. Cores: nem todo modelo de iPhone está disponível nas cores que aparecem à venda.
  2. Confira no site da Apple quais são oferecidas para o modelo que você quer comprar.
  3. Entradas de fone de ouvido e carregador: os modelos mais novos usam apenas a Lightning e dispensam a entrada P2.
  4. Algumas carcaças falsas ignoram esse detalhe.

Ou, quando são cópias de modelos com entrada para fone, posicionam em outro lugar. iOS, iTunes e App Store: celulares originais rodam o sistema operacional móvel da Apple, o iOS, nunca Android, E apresentam na tela de início apenas uma maçã (símbolo da companhia). O download de aplicativos é feito pela App Store (procure por esse app) e, ao se conectarem ao computador com o iTunes, são automaticamente reconhecidos. iPhones falsos não serão reconhecidos pelo iTunes no computador. Na maioria dos casos são nomeados na máquina como um hard disc, um pendrive ou drive externo. Siri: a assistente do iPhone pode ser uma boa ajuda para reconhecer aparelhos falsos, mesma ela não dando as caras. A assistente virtual é exclusiva e só funciona no original. Tente acessar a Siri e, se interface aparecer, trata-se de um original. Se a Siri não aparecer ou funcionar corretamente, o aparelho é falso. Vale notar que a Siri pode ser desativada (o que não acontece deliberadamente), mas nunca removida do dispositivo. IMEI e número de série: um IMEI (International Mobile Equipment Identity) é o número de identificação do celular. Trata-se de um código único. Você pode observá-lo na traseira da caixa original, na traseira do celular e na bandeja do cartão SIM. Com o celular ligado, encontre o número em Ajustes > Geral > Sobre, Agora, compare se todos são iguais. Verifique o número de série do celular, outra combinação única usada para obter suporte e manutenção da Apple. Vá novamente em Ajustes > Geral > Sobre, Pegue o número e cheque, no site da Apple, se é válido e se o aparelho está na garantia. Sendo original, você saberá mais detalhes. Se for falso, o sistema não reconhecerá. Qualidade da tela e da câmera: os iPhones têm uma tela chamada display retina, com tecnologia 3D Touch (a partir do iPhone 6 Plus). Em geral, as falsificações usam telas de resolução mais baixas, assim como as câmeras que são mais lentas na hora do clique e com resultado bem inferior para fotos e vídeos. Compare com outros modelos de telefones por perto e, se possível, com outro iPhone. Especificações técnicas: ofertas de iPhones com 8 GB ou 16 GB de espaço de armazenamento interno podem ser enganosas. A fabricante do smartphone trabalha com o mínimo de 32 GB (desde o iPhone 7) e oferece versões com 64 GB, 128 GB e 256 GB. Botão Home e Touch ID: o iPhone mudou o design do botão Home que antes era mecânico e agora é mais sensível, detectando a pressão do dedo. Os modelos mais novos também trazem um leitor de digitais. Vá em Ajustes > Touch ID e tente cadastrar seu dedo como identificação (a partir do iPhone SE). Se você não conseguir, é falso. Acabamento, peso e acessórios: iPhones falsos geralmente são mais pesados, oferecem uma sensibilidade não tão boa do touchscreen, demoram mais para carregar a bateria e têm sinais perceptíveis de um acabamento distante do padrão de qualidade Apple. Carregador e fone de ouvido, quando presentes, também são diferentes dos originais. Peça para ver o conteúdo da caixa e verificar a presença desses elementos. Recursos não originais: é comum encontrar entre os iphones falsificados ofertas “recursos extras” como TV Digital, loja de aplicativos alternativas, jogos embutidos, dual-sim (iPhone com dois chips) e outras funções que a Apple ainda não adotou, Segurança: lembre-se que dispositivos falsificados, sem controle de qualidade ou selos de homologação, dificilmente passam em testes de segurança e podem ser nocivos à saúde (usando metais pesados e substâncias tóxicas na montagem). Esses aparelhos também não estão livres de erros de projeto e fabricação que podem fazê-los explodir enquanto carregam na tomada ou deformar por baixa resistência dos seus materiais. Apple Falsificação iPhone iPhone 6 Plus iPhone 8 iPhone 7 iPhone SE Force Touch IMEI Touch ID App Store iTunes Siri FCC Anatel iOS União Européia Android Lightning

You might be interested:  Como Ganhar Dinheiro Jogando No Celular?

Como saber se o celular importado é original?

Como saber se o celular é original – Vamos lá! Gente, uma das formas mais seguras de confirmar se um aparelho é original, é consultar o número de série do aparelho no site do Governo Federal. O número do IMEI é o dado mais importante do seu celular, porque o código funciona como se fosse um documento de identidade do aparelho.

Como consultar o IMEI do celular

Antes de um celular ser aprovado para compra no Brasil, ele passa por diversos testes da Agência Nacional de Telecomunicações, Caso sejam aprovados nesses testes, eles serão homologados e seus números de série estarão cadastrados no sistema da agência reguladora.

Desse jeito, com o número em mãos, é possível resolver diversos problemas com a fabricante e loja ou operadora onde você adquiriu o celular. Por isso, é importante ter anotado o número de IMEI do seu smartphone, tá? Além disso, pelo número do IMEI também dá para saber se existe algum registro de impedimento no aparelho que você possui ou que deseja comprar.

Mas, você deve estar se perguntando — Lu, onde eu encontro e como faço para consultar o IMEI? Deixa que eu te explico.

Como saber se o iPhone é falso pelo IMEI?

IPhone falso tem IMEI e número de série inválidos Você deve conferir na caixa do celular ou então digitar no discador *#06#. Em seguida, acesse ‘Ajustes’→ Geral → Sobre, se ambos os números forem iguais, é um iPhone original.

O que é um iPhone recondicionado?

O que é um aparelho recondicionado? iPhones recondicionados são aparelhos que foram devolvidos à loja, renovados e colocados a venda novamente. E muitos casos até as peças são trocadas.No Brasil isso ainda não é comum, porém, nos EUA essa prática já é adotada há muito tempo.

O que é o IMEI do iPhone?

O código IMEI é o International Mobile Equipment Identity (ou Identificação Internacional de Equipamento Móvel, em português). É um código numérico único e global, presente em aparelhos que se conectam às redes celulares, como smartphones, tablets e modems 4G ou 5G. Fazendo uma analogia com automóveis, o IMEI equivale ao número de chassi de um carro, e é usado como ID. O que é IMEI (Imagem: Vítor Pádua/ Tecnoblog)

Como saber se a traseira do iPhone é original?

Verifique número de série e IMEI A melhor maneira de garantir a autenticidade de um iPhone é verificando o número de série do aparelho e o IMEI (Internacional Mobile Equipment Identity), um código único composto por 12 caracteres que funciona como se fosse o CPF.

Como é uma réplica de iPhone?

Saiba identificar um iPhone original e fuja das réplicas Basta entrar em qualquer grupo de compra e venda de celulares no Facebook que logo aparece alguém querendo vender um iPhone por um preço bem abaixo do comum. Em alguns casos, tratam-se de aparelhos falsificados que tentam imitar o design do smartphone da Apple. Aparência e características externas Os celulares da Apple são conhecidos pelo seu desenho e pela qualidade dos materiais utilizados em sua composição. Cheque se o telefone suspeito apresenta a mesma aparência do original. Olhe também se as informações referentes aos órgãos governamentais (FCC, Anatel, entre outros) estão descritas na parte traseira do aparelho. Acessórios Os iPhones são conhecidos por possuírem entradas especificas para os carregadores. Os aparelhos originais contam apenas com a entrada compatível com o cabo Lightning. No caso do iPhone 7, veja se o aparelho realmente não conta com entrada para fone de ouvido. Sistema operacional Nenhum aparelho celular da Apple usa qualquer sistema operacional que não seja o iOS. Ou seja, não compre qualquer aparelho que não tenha essa plataforma. Acredite, há algumas réplicas que contam até mesmo com o Android instalado. Acesse as configurações do telefone para ver qual o sistema operacional utilizado, já que os falsificadores tentam imitar o design do iOS na réplica. Desligue e ligue o aparelho. A primeira tela mostrada deverá exibir apenas o símbolo da marca, ou seja, uma maçã. Fuja de qualquer celular que exiba algo diferente disso na tela inicial. Aplicativos nativos Todos os iPhones contam com aplicativos de fábrica no telefone. São aplicações simples como Clima, Bolsa de Valores, Calendar, entre outros. Os ícones em aparelhos replicados são os mesmos, mas o restante é bem diferente. Assim, abra-os e verifique se são os mesmos aplicativos. App Store Dá para copiar muita coisa, mas não a App Store. A loja oficial de aplicativos para os dispositivos da Apple não pode ser substituída por qualquer outra plataforma. Abra ela e verifique se você está mesmo lá e não em uma loja genérica ou, até mesmo, na Play Store. : Saiba identificar um iPhone original e fuja das réplicas

You might be interested:  Como Saber O Tamanho Do Dedo Para Anel

Qual a diferença do iPhone nacional para o importado?

Vale a pena comprar iPhone importado? – Um iPhone importado tem o mesmo hardware dos modelos vendidos no Brasil (Foto: Shutterstock) São vários os consumidores que consideram comprar um iPhone importado. Esses modelos possuem um preço alto no Brasil. Mesmo que o celular da Apple ainda vá ter um preço alto se comprado em outros países, a menor carga tributária em seus valores faz com que eles fiquem mais baratos do que comprados por aqui, por isso a prática de importar iPhone acontece.

  • Diferentemente de celulares da Samsung, por exemplo, que possuem versões exclusivas para o mercado internacional, o celular importado da Apple é o mesmo que é vendido aqui no Brasil.
  • O hardware não tem alterações.
  • No máximo, você pode encontrar alguma cor que ainda não foi lançada aqui no país.
  • O grande ponto de importar iPhone é considerar as possíveis taxas da Receita Federal já explicadas aqui.

Com essas taxas, acaba não compensando comprar o smartphone fora. Para quem busca um iPhone menos caro, vale comprar um modelo usado.

Veja as nossas dicas de como escolher um celular usado,

No entanto, é válido ressaltar que se você optar por comprar um iPhone importado em lojas licenciadas da Apple, você poderá ativar a garantia dele aqui no Brasil nas assistências autorizadas, desde que ele seja um produto que também é vendido no país.

Veja quais os melhores iPhones para comprar no Brasil, ou se preferir, conheça os principais celulares Android do país,

Em qual país o iPhone é mais barato?

O que concluiu a pesquisa? – A pesquisa mostrou que a Turquia tem o iPhone 14 mais caro do mundo em todas as variantes disponíveis: iPhone 14, iPhone 14 Plus, e, Por lá, a versão mais simples do iPhone 14 (com 128 GB de armazenamento) sai por U$ 1.458, o equivalente a R$ 8.856.

Para efeito de comparação, o mesmo produto está disponível na loja brasileira da Apple por R$ 7.599, de modo que o Brasil fica com o 2° preço mais alto de todos. Os Estados Unidos seguem com o iPhone 14 (128 GB) mais barato do mundo. O país governado por Joe Biden vende o produto por U$ 829, o que dá R$ 4.274 em conversão direta.

Em seguida vem o Japão, com um preço muito parecido ao dos EUA: U$ 831,29 (R$ 4.320). Apple mais caro de 2022, o iPhone 14 Pro Max com 1 TB é vendido na Turquia pelo equivalente a R$ 16.339 contra R$ 15.499 no Brasil e R$ 8.330 nos EUA.2 de 2 Inflação elevada na Turquia dispara preço de produtos Apple — Foto: Thássius Veloso/TechTudo Inflação elevada na Turquia dispara preço de produtos Apple — Foto: Thássius Veloso/TechTudo

Qual valor declarar no iPhone importado?

Compras no exterior: limite de importação – Todo viajante pode comprar até US$ 1 mil em produtos, sem ser taxado, se entrar no país por vias aéreas ou marítimas. Cada pessoa pode exercer esse direito apenas uma vez a cada intervalo de um mês – independentemente se houve ou não pagamento do imposto em viagem anterior. Adolescentes podem comprar produtos no exterior compatíveis com sua idade. Imagem: Soloviova Liudmyla / Shutterstock Menores de 18 anos também têm direito à cota de isenção, mas para isso os bens devem ser compatíveis com sua faixa etária. Além disso, eles não podem trazer bebidas alcoólicas, cigarros e outros itens que causem dependência física ou química.

Como saber se meu celular é importado?

Para verificar a procedência, é necessário consultar o IMEI em sites especializados ou na plataforma da Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações). O procedimento permite verificar se existe algum bloqueio, ou se o código está registrado como um celular clonado, pirata ou adulterado.

Qual iPhone importado funciona no Brasil?

Afinal, o iPhone 14 americano funciona no Brasil? Mesmo sem um slot para SIM físico, o iPhone americano funcionará normalmente no Brasil. Afinal, todas as principais operadoras de telefonia móvel do país oferecem a opção do eSIM, como a Vivo, Claro e TIM. A Apple não menciona nenhum tipo de bloqueio regional.