Como Fazer Cobertura De Chocolate Para Bolo? - CLT Livre

Como Fazer Cobertura De Chocolate Para Bolo?

Como Fazer Cobertura De Chocolate Para Bolo

Quando colocar a cobertura de chocolate no bolo quente ou frio?

BOLO DE CENOURA COM COBERTURA DE CHOCOLATE

  • Este é o famoso BOLO DE CENOURA
  • do Mauro Rebelo
  • INGREDIENTES
  • 3 ovos
  • 2 xícaras (chá) de açúcar (320g)
  • 2 xícaras (chá) de farinha de trigo (260g)
  • 1 colher (sopa) rasa de fermento ou use colher medida
  • 100ml de óleo
  • 300g de cenouras cruas
  • 1 pitada de sal
  • MODO DE PREPARO

Bata no liquidificador os ovos, as cenouras (em pedaços), o óleo e o sal. Numa tigela, misture o açúcar, o fermento e a farinha. Despeje a mistura do liquidificador para a tigela e misture bem e delicadamente. Leve para assar em forma untada e polvilhada com farinha em forno preaquecido em temperatura média para baixa.

  1. MINHA COBERTURA:
  2. 6 colh de sopa de leite
  3. 6 colh de sopa de chocolate em pó
  4. 1 colh de sopa de manteiga ou margarina
  5. 1 copo (tipo requeijão) de açúcar
  6. Levar tudo ao fogo, sempre misturando, até ferver.
  7. Desligue o fogo e espalhe imediatamente sobre o bolo FRIO.
  8. REGRA: cobertura quente em bolo frio OU cobertura fria em bolo quente -> para não embatumar o bolo depois de pronto.

: BOLO DE CENOURA COM COBERTURA DE CHOCOLATE

Tem que esperar o bolo esfriar para colocar a cobertura?

Como Cortar, Rechear e Cobrir Bolos

Cortar O bolo deve estar totalmente frio.Use palitos de dente, em toda a lateral, para marcar o meio do bolo.

Use uma faca longa e de serra, fazendo movimentos de vai-e-vem até completar a volta toda. Outra opção é usar uma linha de uso culinário: de uma volta com a linha por toda a lateral, dê um nó e vá apertando para que nó se encontre no centro do bolo. Rechear Em uma das metades do bolo, colocar o recheio no centro. Usando uma espátula ou uma faca sem serra, espalhe o recheio do meio para as bordas. Desse modo, evitamos que o recheio se misture com migalhas soltas do bolo. Se preferir, use um saco de confeitar para distribuir o recheio pelo bolo. Cobrir fazer da mesma maneira como o recheio: sempre do centro para as bordas. Com o auxílio de um garfo ou colher, é possível fazer “desenhos” na cobertura.

: Como Cortar, Rechear e Cobrir Bolos

Qual o chocolate ideal para fazer cobertura?

Já para coberturas, banhos de chocolate e casquinhas de bombons e trufas, recomenda-se utilizar o chocolate puro ou o fracionado.

Qual chocolate serve para cobertura?

O chocolate fracionado é considerado cobertura de chocolate. A manteiga de cacau é parcialmente substituída por outra gordura vegetal. Ele tem cobertura mais aveludada do que o chocolate hidrogenado e seca mais rápido.

Quantas horas o bolo tem que ficar na geladeira antes de confeitar?

Como prensar bolo.

  • Sabe quando o bolo fica bem lisinho, retinho e sem imperfeições?
  • É porque ele passou por um processo de “prensa”, hoje vou mostrar uma maneira fácil de prensar o bolo.
  • Você não precisa de utensílios diferenciados, pode usar a própria forma onde o bolo foi assado anteriormente.
  • Certo, então como fazer?

Vamos lá. primeiro, prepare a massa do bolo (ah vá né Carol. rs.), o recheio e a calda (importante que tudo esteja frio ok?). Corte o bolo em quantas camadas quiser (duas, três. vai do gosto de cada um.). Forre a forma onde você assou o bolo com papel manteiga, filme de pvc ou com saquinho plástico (aqueles próprios para congelamento e sem uso pooor favor, nada de reaproveitar sacolinha de supermercado hein gente.).

Depois de forrada a forma coloque uma camada de bolo, regue com a calda, uma camada de recheio, outra de bolo e assim sucessivamente até acabarem as suas massas. Lembrando que precisa terminar com uma massa (claro né. rs.). Feito isso, “feche” a parte de cima onde ficou a última camada de massa com um pedaço de plástico (neste caso não é bom colocar o papel manteiga pois ele pode grudar na massa e acabar com o fundo do bolo).

Deixe o bolo na geladeira pelo menos umas 3 horas antes de finalizar, abaixo tem um pequeno passo a passo em fotos e o resultado do bolo pronto para receber a cobertura de glacê ou para aplicação da pasta americana.

  1. E por falar em pasta americana amanhã tem um post sobre como nivelar o bolo e prepará-lo para receber a pasta.
  2. Não esqueça de deixar seu comentário aí pra gente.
  3. Beijos Doces.
  4. Carol Marques.

Foto: www.oslaineartes.com.br : Como prensar bolo.

Pode confeitar o bolo e coloca na geladeira?

Como armazenar bolo?

Algumas pessoas têm dúvidas de como armazenar o bolo confeitado até o momento da festa. O melhor a se fazer é guardar o bolo dentro da geladeira, dentro da caixa ou embalagem plástica, assim ele ficará protegido do cheiro de outros alimentos que estiverem dentro da geladeira. Após a festa, se sobrou um pedaço e você quer guardar: para que não fique “seco” escolha um recipiente que possa ser fechado hermeticamente. E consuma em dois dias, no máximo, principalmente em caso de bolos recheados. Boa festa!

: Como armazenar bolo?

Pode desenformar o bolo ainda quente?

Como Desenformar Bolos, Tortas e Pudins

Formas tradicionais Passe uma faca sem ponta, ou espátula em toda a lateral. O bolo deve estar morno, pois se ainda estiver quente, a massa pode quebrar ou esfarelar e se já estiver completamente frio, é mais difícil de soltar. Aquecer rapidamente o fundo da forma para o caramelo ficar levemente mais fluido. Passe uma faca sem ponta, ou espátula em toda a lateral. Incline levemente a forma e apoie a faca sobre o pudim, fazendo que entre um pouco de ar. Apoie um prato com bordas altas, vire e retire com cuidado a forma. Formas de fundo ou aro removível Geralmente usadas em tortas de massas mais delicadas. passe uma faca sem ponta, ou espátula em toda a lateral. Apoie a forma sobre um copo, para facilitar a retirada do aro, e retire devagar e com cuidado. Apoie a forma sobre o prato de servir, passe uma faca sem ponta, ou espátula em toda a lateral e abra com cuidado a trava do aro. Formas trabalhadas: não é possível passar a faca nas laterais, por isso, sempre devem ser sempre muito bem untadas e polvilhadas.

You might be interested:  Como Desfocar O Fundo Da Foto

: Como Desenformar Bolos, Tortas e Pudins

Qual é a diferença entre chocolate e cobertura de chocolate?

Frequentemente falamos com pessoas que têm dúvidas sobre coberturas e chocolates. Cada um desses produtos tem composições e usos diferentes. Esperamos que esse artigo ajude a esclarecer as distinções entre esses produtos. CHOCOLATE OU COBERTURA? Para entender a diferença entre chocolates e coberturas, vamos começar lembrando que o chocolate é uma receita feita a partir de alguns ingredientes básicos: MASSA DE CACAU, MANTEIGA DE CACAU, AÇÚCAR e, na maioria dos casos, LEITE,

Para a legislação brasileira, só pode ser classificado como chocolate os produtos que contenham, no total da receita, ao menos 25% de cacau. Para os chocolates brancos, a legislação determina que o cacau deve ser ao menos 20% de todos os ingredientes. Isso porque, nesse sabor, não é acrescentada a massa de cacau que é a parte mais sólida e marrom da fruta.

Por tanto, são chocolates todos aqueles produtos que contenham ao menos 25% de cacau nas versões ao leite, meio amarga ou amargas e 20% para o chocolate branco. Todo produto com menor teor de cacau do que o previsto na legislação é classificado como cobertura.

MANTEIGA DE CACAU – UMA GORDURA NOBRE Outra grande diferença entre chocolates e coberturas é a presença da manteiga de cacau. O que nós conhecemos popularmente como chocolate nobre possui manteiga de cacau na composição, A manteiga de cacau é uma gordura de origem vegetal e sólida em temperatura ambiente, o que é uma raridade na natureza.

Ela possui mais de um ponto de fusão: começa a derreter entre 28°C e 30°C, mas só está totalmente líquida a 45°C. É por isso que os chocolates têm essa textura incrível, sabe? Aquela que vai derretendo aos poucos na boca! Por causa da manteiga de cacau, é necessário realizar uma técnica específica antes de moldar o chocolate e transformá-lo em ovos de Páscoa, bombons, trufas ou pães de mel: a têmpera, também conhecida como temperagem,

Aprenda aqui os passos básicos dessa técnica. A Harald tem os chocolates das linhas Melken, que funcionam nas mais variadas e clássicas receitas da confeitaria, e Unique, feitos exclusivamente com manteiga de cacau, sem adição de outras gorduras. Os chocolates Unique também são produzidos com cacau 100% brasileiro, cultivado de forma diferenciada.

Conheça mais aqui, COBERTURAS As coberturas facilitam o dia a dia de quem trabalha com confeitaria. Nelas, a manteiga de cacau é substituída por outros tipos de gordura vegetal, o que traz algumas vantagens para a nossa rotina: manuseio mais simples, com valor mais baixo e maior resistência a temperaturas elevadas.

Dentro da categoria de coberturas, ganham destaque as fracionadas, presentes nas linhas Top e Confeiteiro, Feitas com uma combinação de gorduras, as coberturas fracionadas não precisam passar pela temperagem. Além disso, são mais fluidas após o derretimento. Isso significa que você terá casquinhas mais finas e delicadas e que o produto vai render muito mais e com o sabor muito próximo do chocolate! Já uma cobertura hidrogenada como Raspar e Cobrir é indicada para decorações que vão enfrentar variações de temperatura por um longo período, como doces de padarias e docerias.

Ela é macia, fácil para fazer raspas e cigarretes. Você também pode substituir a pasta americana e fazer massinhas decorativas com sabor de chocolate! Veja aqui como: Raspar & Cobrir: massinhas para decoração A LINHA INOVARE Para quem está pensando em ter o melhor dos dois mundos, a Harald desenvolveu a linha Inovare, que alia a praticidade e resistência das coberturas ao sabor e textura inigualáveis dos chocolates! Nesta linha a manteiga de cacau dá lugar a gorduras com características equivalentes às da manteiga de cacau.

Por causa dessa semelhança, é necessário fazer a têmpera (ou temperagem), mas sem medo e de um jeitinho bem mais fácil: alguns graus a mais ou a menos do indicado na embalagem não influenciarão no resultado final! Por isso, Inovare é uma linha excelente para iniciantes no mundo dos chocolates. MELHORES USOS Todo produto pode ser usado em diversas aplicações.

A escolha vai depender do tipo de receita que será feita, do domínio de técnicas, do valor que será investido e até mesmo da região em que você mora! Você pode, inclusive, trabalhar com receitas que unem as vantagens dos dois produtos, mas cuidado! A mistura de chocolate e cobertura não é recomendada! Por terem gorduras diferentes, o resultado será uma peça sem brilho e sem textura, como explicamos aqui: Misturando chocolates e coberturas, Ficou com dúvidas na escolha do produto ideal? Fale com a gente ou clique aqui: Como Escolher seu Chocolate, Estamos aqui para apoiar você nesta aventura que é trabalhar com chocolates e coberturas. Conte sempre com a Harald! Compartilhar este conteúdo

Qual a diferença entre chocolate fracionado e cobertura?

O chocolate fracionado é caracterizado por ter em sua composição a adição de outro tipo de gordura vegetal, substituindo parcialmente a de cacau — geralmente é usado o óleo de palma. Por causa da adição de outro tipo de gordura, esse tipo de chocolate passa a ser denominado de cobertura.

Qual a diferença do chocolate fracionado para o chocolate normal?

Chocolate fracionado –

  1. Na verdade, não é o chocolate todo, e sim a cobertura dele, isso porque apresenta quantidade de sólidos de cacau menor que 25%.
  2. Além disso, em sua composição a manteiga de cacau é parcialmente substituída por outra gordura vegetal, geralmente de palma.
  3. O uso da gordura vegetal tem o objetivo de diminuir o custo, aumentar a resistência à temperatura e eliminar a temperagem do chocolate.
  4. Mas esta substituição acaba comprometendo de certa forma a textura, e não derrete facilmente na boca como o chocolate nobre.
  5. Este tipo é indicado para banhar bombons, pão de mel, fazer raspas e casquinhas de chocolate e outros tipos de decoração.
You might be interested:  Como Usar O Cartão Virtual Da Nubank

Agora que você entendeu a diferença entre os dois tipos de chocolate, na hora de escolher qual usar, dê preferência ao chocolate que contém manteiga de cacau. Ou seja, o chocolate “normal”. Ele possui melhor qualidade, textura e sabor. : Qual a diferença entre chocolate e chocolate fracionado?

Quando é preciso temperar o chocolate?

Quando preciso temperar? – Só quando se quer formar casquinhas, banhar bombons, pão de mel, alfajor, moldar tabletes ou formas rígidas e ocas, como ovos de páscoa, esculturas e decorações de chocolate. O processo de temperagem é necessário para ficar durinho e brilhante em temperatura ambiente. Casquinha de ovo de chocolate

O que colocar na cobertura fracionada para ficar mais fluida?

RESPOSTA NA LATA – Já te adianto que pra conseguir deixar a sua cobertura mais fluída, basta misturar com óleo de coco. Eu indico uma proporção de 5% sobre o peso da cobertura. Por exemplo se você estiver utilizando meio kg vai usar 25g de óleo de coco.

O que tem no chocolate fracionado?

O que é chocolate fracionado? – Vamos começar entendendo o que esse nome quer dizer. O chocolate fracionado é um doce feito com cacau e alguma gordura vegetal fracionada. Geralmente não pode ser chamado de chocolate, pois nossa legislação determina que somente os produtos com mais que 25% de sólidos de cacau podem ser chamados de chocolate.

  • Eu honestamente nunca vi um que atendesse esse quesito.
  • No Brasil, esses produtos ganharam o apelido de cobertura (não confunda com couverture, que é um termo usado fora do país para um chocolate fluído adequado para banhar bombons).
  • Portanto, aqui em nosso país, chocolate cobertura é sinônimo de chocolate hidrogenado ou fracionado.

Veja na imagem abaixo: embalagem de chocolate cobertura fracionado

Pode confeitar o bolo com chantilly um dia antes da festa?

Posso cobrir o bolo com chantilly um dia antes da festa? – Pode! Mas lembre-se de manter ele bem armazenado de preferência com prato com tampa, para que não resseque.

Fontes: https://www.otempo.com.br/gastro/como-fazer-chantilly-em-casa-veja-preparo-facil-com-apenas-dois-ingredientes-1.2369246. https://www.terra.com.br/vida-e-estilo/culinaria/tudogostoso/como-fazer-o-chantili-perfeito-confira-as-dicas,585d75c985c1108148e9e059d7aa7861in2xxbpv.html https://blog.novasafra.com.br/2019/10/19/como-alcancar-o-ponto-certo-do-chantilly/#:~:text=Quando%20o%20creme%20estiver%20firme,poss%C3%ADvel%20reverter%20para%20virar%20chantilly

Como guardar bolo com cobertura?

Guardar o bolo – Para guardar o bolo em casa e evitar que ele fique seco recomendamos que use um recipiente com tampa hermética, Um prato para bolo pode ser uma solução prática e eficaz, certifique-se de que a tampa tem fecho hermético para garantir uma melhor conservação. Imagem: portuguese.alibaba.com

Quanto tempo antes posso fazer um bolo de aniversário?

PARA QUANDO É A ENTREGA DO SEU BOLO? – Embora você possa sim antecipar a sua produção é essencial entender se esse bolo vai para a geladeira ou se ele será congelado. Para tomar essa decisão fique ligada no prazo de validade do seu produto. É muito importante mandar o bolo para o cliente pelo menos com 2 dias de validade.

Então se o seu bolo tem validade de 5 dias por exemplo, você pode fazer ele com 1 a 2 dias de antecedência e ainda conseguir entregar um produto de qualidade para o seu cliente. Mas se você precisa adiantar mais de 3 dias de antecedência é melhor congelar a massa ao invés de deixar na geladeira. Quando um bolo é congelado ele mantém a textura, o sabor, e a umidade.

Por outro lado um bolo que fica muito tempo na geladeira perde a umidade, o que resulta em um bolo seco e com menos sabor. VEJA NO VÍDEO ABAIXO TUDO SOBRE CONGELAR BOLOS:

Pode tampar o bolo quente?

Onde armazenar o bolo assado? – Esse é outro cuidado muito importante que evita que seu bolo murche do nada. Se você colocar a forma do bolo quentinha, recém-saída do forno, sobre uma bancada de mármore, por exemplo, ele poderá murchar na mesma hora. A mudança brusca de temperatura abala a estrutura do bolo.

Sendo assim, retire o bolo do forno, coloque sobre um pano de prato e deixe sobre qualquer superfície arejada. Pode até deixar a forma sobre o fogão mesmo. Mas, nesse caso, o bolo vai demorar um pouco mais para esfriar. Não há maneiras de esfriar o bolo mais rápido, Se você forçar esse processo, poderá ter problemas com sua receita.

Então, o melhor mesmo é ter paciência e aguardar esse tempinho para desenformar. 😉

Qual a temperatura ideal para o chocolate fracionado?

Quando o assunto é chocolate, há muitos aspectos importantes a serem considerados. Neste artigo, vou falar um pouco sobre um tipo que nos ajuda muito na confeitaria: é o chocolate fracionado. Muitas pessoas ainda possuem duvídas sobre o que é o chocolate fracionado, e fazem confusões com outras qualidades de chocolate.

Por isso, neste artigo você vai aprender de uma vez por todas, tudo sobre ele. Utilizando-o corretamente e nos momento certos, você poderá potencializar muito os seus lucros! Em sua composição, a manteiga de cacau do chocolate nobre é substituída, na maioria das vezes, pela gordura vegetal de palma, e em uma quantidade maior.

Isso o torna mais fluído, brilhante, macio, com um aspecto aveludado e mais resistente ao calor. Vale ressaltar que ele não possui o sabor e o aroma tão bom quanto um chocolate nobre. Isso se reflete também em seu preço, que diminui em relação ao chocolate nobre.

É muito fácil você verificar quando um chocolate é fracionado, caso esteja com dúvidas. Os rótulos dos alimentos sempre apresentam seus ingredientes de forma decrescente de quantidade, sendo o primeiro item o que terá maior quantidade, e o último, menor. Os ingredientes do chocolate fracionado virão nesta ordem basicamente: Açúcar, gordura vegetal modificada, estabilizante, cacau em pó, algumas marcas trazem massa de cacau, emulsificantes e aromatizantes.

Veja o exemplo abaixo: Ele é muito usado para banhos em bombons, pães de mel, casquinhas de trufas, arabescos e outros tipos de decorações. Isso, pela facilidade de não precisar da temperagem, e por dar um acabamento de brilho muito bonito. Outro motivo, é que como no banho e decorações, a camada será muito fina, praticamente não interferirá no sabor, tampouco na qualidade do produto.

You might be interested:  Como Medir O Dedo Para Anel

Hoje, existem marcas excelentes de chocolate fracionado no mercado. → Leia em seguida: 7 Receitas de Recheios de Trufas Para se Destacar da Concorrência → Veja também: Como Fazer Ovo de Páscoa Para Vender Porém, para recheios de trufas, brigadeiros gourmet, bombons e ovos de Páscoa, o chocolate nobre é a melhor opção.

Usar o chocolate fracionando nesse caso não é indicado, a não ser que você informe ao seu cliente, e ele esteja ciente disso. Como já dito, uma vantagem do chocolate fracionado é não ser necessário o processo de temperagem. → Veja em seguida, Como Temperar o Chocolate para Bombons e Ovos de Páscoa. → Veja em seguida: Como derreter chocolate no microondas e em banho-maria A temperatura de derretimento de um chocolate fracionado é diferente de um chocolate nobre.

Para o chocolate fracionado, a temperatura para derretimento correto é entre 45° a 50°, tomando cuidado para não ultrapassar este valor e não queime. Quando estiver entre 35°C e 38°C, o chocolate já poderá ser utilizado. Se ele começar a endurecer, basta realizar o processo de derretimento novamente. Ele cristaliza (solidifica) bem mais rápido que o chocolate nobre e é muito fácil de se trabalhar com ele.

Em nosso Curso de Chocolates, você aprende todos os segredos imprescindíveis para se trabalhar com todos os tipos de chocolate o ano inteiro. Hoje já existem excelentes marcas de chocolates fracionados, que não deixam gosto residual na boca. A indústria cada vez mais desenvolve técnicas que deixam seu sabor mais parecido com o chocolate nobre. Podemos mencionar algumas marcas de chocolate fracionado para se trabalhar, conforme abaixo:

Sicao Nestlé Harald Mavalério Selecta Puratos Norcau

Todas as marcas acima são conhecidas por terem uma boa qualidade. Escolha a que mais se encaixar em seu perfil de consumidor, orçamento e facilidade de encontrar. Pães de mel banhados com chocolate fracionado Essa é uma dúvida comum, e fica aqui o alerta: nunca devemos misturar chocolate nobre com fracionado, pois as gorduras existentes nestes dois tipos de chocolates são diferentes. Além de não ocorrer a fusão perfeita no momento do derretimento, pode ocasionar manchas no produto final.

Além disso, pode ocorrer a alteração do paladar, que pode ficar bem desagradável, parecido com sabão. Misturar marcas diferentes também não é aconselhável (seja entre os nobres ou entre os fracionados). Cada fabricante pode utilizar tipos diferentes de gorduras, fazendo com que não ocorra a fusão correta.

Existem muitas informações na internet, no sentido de você economizar, para fazer este tipo de mistura. Porém, além de não ser honesto com seu cliente, pode levar à perda dos ingredientes, e será o famoso “barato que sai caro”. É melhor usar o chocolate fracionado de boa qualidade e informar seu cliente, que ficará mais satisfeito com sua honestidade. Muitas pessoas fazem confusão entre essas duas qualidades de chocolates, mas chocolate fracionado não é igual ao chocolate hidrogenado. O chocolate fracionado, como já disse anteriormente, possui adição de óleo vegetal de palmiste, que é um óleo de boa qualidade. Espero que essas dicas lhe ajudem a selecionar sempre os melhores ingredientes, usando corretamente em cada tipo de receita, aumentando a qualidade de suas produções, e consequentemente os lucros. Grande abraço! → Leia em seguida: Como fazer ovo de colher para vender – tudo o que você precisa saber Professora em nossos cursos de confeitaria online, Edelzia é confeiteira há mais de 30 anos, com grande experiência em fazer doces caseiros para vender e tem muito amor pelo que faz. Ama compartilhar receitas práticas e ajudar seus alunos.

Qual a temperatura ideal para trabalhar com chocolate fracionado?

O ideal é trabalhar sempre em um ambiente climatizado, entre 18°C e 25°C.

Qual a temperatura para derreter chocolate fracionado?

Derretendo o chocolate

O chocolate deve, preferencialmente, ser derretido numa temperatura entre 40°C e 45°C.Não deve ser colocado em contato direto com a fonte de calor.É preferível derreter o chocolate no forno de micro-ondas ou em banho-maria, para atingir uma temperatura uniforme entre 40°C e 45°C, que é a temperatura ideal para o início da temperagem (pré-cristalização).

1. Corte a quantidade de chocolate a ser utilizada em pedaços pequenos e coloque num recipiente seco.2. Aqueça uma panela com água até formar bolhas e desligue o fogo. Atenção: não deixe a água ferver. 3. Encaixe o recipiente com o chocolate na panela com água, mexa até o chocolate derreter completamente e atingir uma temperatura entre 40° C e 45° C. 1. Corte a quantidade de chocolate a ser utilizada em pedaços pequenos e coloque num recipiente adequado a micro-ondas. 2. Leve ao micro-ondas em potência média por 1 minuto. Retire o recipiente e mexa o chocolate. 3. Repita a operação com intervalos de 1 minuto até o chocolate derreter completamente. Continue mexendo até o chocolate atingir uma temperatura entre 40° C e 45° C.1. Corte a quantidade de chocolate a ser utilizada em pedaços pequenos e coloque na derretedeira espalhados lado a lado.2. Acertar o termostato de aquecimento entre 40º C e máximo de 45º C. 3. Manter o sistema de movimentação da máquina desligado até que o chocolate esteja quase totalmente derretido.4. Acionar o sistema de movimentação para derreter por completo. 5. Sempre raspar toda a superfície interna, lateral e bordas para não deixar resíduos de chocolates, evitando o risco de aquecimento superior ao indicado.6. Caso ocorra formação de “grumos” que não dissolvem no meio do chocolate é sinal de que a temperatura foi ultrapassada, portanto, NÃO aqueça mais, neste caso, você deve separar estes grumos ou peneirar este chocolate para deixá-lo em perfeitas condições de aplicação. : Derretendo o chocolate