Maleato De Dexclorfeniramina Para Que Serve

Descubra os benefícios do Maleato de Dexclorfeniramina

Maleato De Dexclorfeniramina Para Que Serve

Para que serve o Maleato de Dexclorfeniramina e para que é indicado? O maleato de dexclorfeniramina é destinado para alergia, prurido, rinite alérgica, urticária, picada de inseto, conjuntivite alérgica, dermatite atópica (um tipo de inflamação na pele) e eczemas alérgicos (dermatite).

Contents

Maleato de Dexclorfeniramina: Informações além da bula

Este medicamento não deve ser utilizado por pacientes que apresentem alergia aos componentes da fórmula ou a outros anti-histamínicos de estrutura química semelhante. Também é contraindicado o uso do Maleato de Dexclorfeniramina em prematuros, recém-nascidos e em pessoas que estejam fazendo uso de inibidores da monoaminoxidase (IMAOs).

O uso de Maleato de Dexclorfeniramina em comprimido revestido e drágeas repetabs não é recomendado para crianças com menos de 12 anos.

O uso de Maleato de Dexclorfeniramina solução, solução gotas e creme não é recomendado para crianças com menos de 2 anos.

O creme de Maleato de Dexclorfeniramina não deve ser utilizado nos olhos (oftálmico).

É importante evitar a exposição ao sol nas áreas tratadas com o creme de Maleato de Dexclorfeniramina, pois isso pode causar reações indesejáveis na pele. Se houver sensação de queimação, erupções ou irritações, ou se não houver melhora no quadro, é necessário interromper o tratamento. É recomendado evitar o uso prolongado do creme e aplicá-lo apenas em áreas limitadas da pele, especialmente em crianças. Não deve ser aplicado em regiões da pele com bolhas, feridas abertas ou secreção, assim como ao redor dos olhos, genitália ou outras mucosas. Também é importante evitar cobrir a área sendo tratada.

Uso do Maleato de Dexclorfeniramina: Saiba como utilizar

O uso oral do Maleato de Dexclorfeniramina é recomendado, sendo que a dose deve ser adaptada de acordo com as necessidades e resposta individual de cada paciente.

Para que serve o Maleato de Dexclorfeniramina em comprimidos revestidos?

É importante respeitar a dose máxima diária de 12mg (equivalente a 6 comprimidos) para evitar qualquer risco à saúde.

É importante não partir, abrir ou mastigar os comprimidos revestidos de Maleato de Dexclorfeniramina.

Para que serve o Maleato de Dexclorfeniramina drágea repetabs?

Em situações mais desafiadoras, pode ser aconselhável tomar uma cápsula a cada 8 horas.

A drágea de Maleato de Dexclorfeniramina repetabs não deve ser dividida, aberta ou mastigada.

Para que serve o Maleato de Dexclorfeniramina em solução?

É importante respeitar a dose máxima diária de 12mg (ou seja, 30mL) para evitar qualquer risco à saúde.

Uso do Maleato de Dexclorfeniramina em Crianças de 6 a 12 anos

É importante não exceder a dose máxima diária de 12mg, o que equivale a 120 gotas por dia.

Uso do Maleato de Dexclorfeniramina em Crianças de 6 a 12 anos

A dosagem recomendada é de 10 gotas ou 1 gota para cada 2kg de peso corporal, a serem administradas três vezes ao dia.

Uso do Maleato de Dexclorfeniramina em Crianças de 2 a 6 anos

A dosagem recomendada é de 5 gotas ou 1 gota para cada 2kg de peso corporal, administradas três vezes ao dia.

A dose diária recomendada é de até 3mg, o que equivale a 30 gotas por dia.

Utilização do Maleato de Dexclorfeniramina em creme

Para tratar a pele afetada, é recomendado aplicar o creme de Maleato de Dexclorfeniramina duas vezes ao dia. É importante evitar cobrir a área durante o tratamento.

O creme de Maleato de Dexclorfeniramina deve ser utilizado apenas externamente, evitando a aplicação nos olhos, boca, nariz, genitália ou em outras áreas mucosas. Além disso, é importante evitar o uso do creme em grandes áreas da pele, especialmente em crianças.

Reações adversas e efeitos colaterais do Maleato de Dexclorfeniramina

Durante o uso deste medicamento, é possível sentir um leve ou moderado cansaço.

Efeitos colaterais do Maleato de Dexclorfeniramina em ordem decrescente de frequência

Durante a utilização, é comum sentir um leve ou moderado cansaço.

You might be interested:  Ellie em The Last Of Us 2

Efeitos adversos incomuns (ocorrem em 0,01% a 0,1% dos pacientes que utilizam o maleato de dexclorfeniramina)

Efeitos colaterais comuns do uso de antialérgicos incluem sintomas cardiovasculares como pressão arterial baixa, dor de cabeça e taquicardia. Também podem ocorrer reações gerais, como urticária, coceira, erupções cutâneas e sensibilidade ao sol. Outros possíveis efeitos indesejados são sudorese excessiva, calafrios, fraqueza e até mesmo choque anafilático.

Há também a possibilidade de ocorrência de problemas hematológicos como anemia hemolítica, anemia hipoplásica e diminuição das plaquetas sanguíneas (trombocitopenia) ou dos glóbulos brancos (agranulocitose).

É importante ressaltar que esses são apenas alguns dos possíveis efeitos colaterais associados aos antialérgicos. É fundamental consultar um médico antes de iniciar qualquer tratamento medicamentoso para alergias a fim de avaliar os riscos individuais relacionados ao uso desses medicamentos específicos.

Interações medicamentosas: quais os efeitos de combinar Maleato de Dexclorfeniramina com outros remédios?

Os inibidores da monoamina oxidase (IMAOs) podem aumentar a duração e intensidade dos efeitos dos anti-histamínicos, o que pode levar a uma queda significativa na pressão arterial. A combinação de anti-histamínicos com álcool ou medicamentos para depressão pode potencializar os efeitos sedativos. Além disso, os anti-histamínicos podem diminuir a eficácia dos anticoagulantes orais. Por fim, o uso simultâneo de sedativos, hipnóticos e tranquilizantes com anti-histamínicos pode amplificar seus efeitos sedativos.

Interações em exames laboratoriais

É recomendado interromper o uso do Maleato de Dexclorfeniramina por dois dias antes da realização de um teste cutâneo para detecção de alergias, uma vez que esse medicamento pode interferir nos resultados desses testes.

Maleato de Dexclorfeniramina: Eficaz contra a tosse?

O Maleato de Dexclorfeniramina é um medicamento que pode ser utilizado para aliviar a tosse, desde que sua causa seja alérgica. Ele age reduzindo os sintomas da reação alérgica que podem desencadear a tosse. No entanto, é importante ressaltar que o uso deste medicamento deve ser feito sob orientação médica.

Além disso, existem outros cuidados e medidas que também podem ajudar no controle da tosse alérgica:

– Evitar exposição a substâncias irritantes ou alergênicas, como poeira, fumaça de cigarro e pólen;

– Manter uma boa higiene nasal utilizando soro fisiológico ou soluções salinas para lavagem nasal;

– Utilizar umidificadores de ar para manter o ambiente úmido;

– Evitar mudanças bruscas de temperatura;

– Beber bastante água para manter-se hidratado.

É sempre importante consultar um médico antes de iniciar qualquer tratamento ou utilizar qualquer medicamento para tratar a tosse.

Cuidados ao utilizar o Maleato de Dexclorfeniramina

É importante manter este medicamento em um local seguro, longe do alcance de crianças e animais de estimação. Não compartilhe o uso deste medicamento com outras pessoas e não o utilize para tratar condições diferentes das indicadas. Siga sempre as instruções da bula quanto à frequência e dose recomendada, evitando usar o produto em excesso.

Caso tenha apresentado alguma reação alérgica grave ou incomum a outros produtos para alergia, tosse ou resfriado, ou se notou qualquer tipo de reação enquanto estava utilizando o Maleato de Dexclorfeniramina, é importante entrar em contato com seu médico ou farmacêutico antes de prosseguir com o tratamento deste produto.

É possível que este remédio cause sonolência, tontura e diminuição do estado de alerta em certas pessoas. Portanto, é importante avaliar como você reage a esse medicamento antes de realizar atividades que possam representar perigo caso você não esteja completamente alerta.

Durante o processo terapêutico, é importante que o indivíduo evite dirigir automóveis ou operar equipamentos, uma vez que sua capacidade e concentração podem estar comprometidas.

Antes de iniciar o tratamento com este produto, é importante informar ao médico ou farmacêutico sobre qualquer condição pré-existente, como glaucoma ou outros problemas oculares, problemas no intestino ou estômago, úlcera, próstata aumentada, obstrução das vias urinárias ou dificuldade em urinar, doença cardíaca, hipertensão arterial, distúrbios da tireoide ou problemas respiratórios. Essas informações são essenciais porque o uso deste medicamento requer cuidados especiais nessas situações específicas.

Antes de iniciar ou durante o tratamento, é importante informar ao seu médico sobre quaisquer medicamentos que você esteja utilizando.

Importante: O medicamento Maleato de Dexclorfeniramina em formato de drágeas repetabs, solução e solução gotas contém Açúcar, por isso é necessário ter cuidado ao utilizá-lo em pacientes com Diabetes.

Os comprimidos e drágeas de Maleato de Dexclorfeniramina repetabs podem conter corantes que, em alguns casos, podem desencadear reações alérgicas.

A solução e as gotas de Maleato de Dexclorfeniramina não possuem corantes.

O uso de Maleato de Dexclorfeniramina em comprimidos revestidos, drágeas repetabs, solução e solução gotas pode resultar em resultados positivos para doping.

Os antialérgicos tem efeito aditivo com o álcool e outros depressores do Sistema Nervoso Central, como sedativos, hipnóticos e tranquilizantes.

Uso do Maleato de Dexclorfeniramina em idosos

Em indivíduos acima de 60 anos, pode haver um aumento na sonolência, tontura e queda da pressão arterial.

Uso do Maleato de Dexclorfeniramina em Crianças

Os medicamentos antialérgicos podem provocar agitação em crianças.

Gravidez: Para que serve o Maleato de Dexclorfeniramina?

Categoria de risco B: os estudos em animais não indicaram perigo para o feto, mas não há pesquisas controladas realizadas em mulheres grávidas. Ou seja, embora tenham sido encontrados riscos nos estudos com animais, esses resultados ainda não foram confirmados por meio de estudos controlados envolvendo mulheres grávidas.

You might be interested:  Não Fiz Backup do WhatsApp: Como Recuperar Conversas Apagadas

O uso do Maleato de Dexclorfeniramina durante os dois primeiros trimestres da gravidez só deve ser considerado em casos absolutamente necessários e com supervisão médica rigorosa.

É importante evitar o uso deste produto durante o terceiro trimestre da gravidez, pois os recém-nascidos e prematuros podem apresentar reações adversas aos anti-histamínicos. Não há evidências de que o Maleato de Dexclorfeniramina seja eliminado no leite materno, portanto é necessário tomar precauções ao administrá-lo a mulheres em fase de amamentação.

É importante que mulheres grávidas não utilizem este medicamento sem aconselhamento médico ou do dentista.

Quando usar o Maleato de Dexclorfeniramina?

O Maleato de Dexclorfeniramina é um medicamento utilizado por adultos e crianças acima de 12 anos para tratar sintomas alérgicos, como coceira, espirros e coriza. A dose recomendada é de uma drágea pela manhã e outra ao se deitar. Em alguns casos mais graves, pode ser necessário tomar uma drágea a cada 8 horas.

É importante ressaltar que o Maleato de Dexclorfeniramina deve ser tomado inteiro, sem partir ou mastigar a drágea. Isso ocorre porque o medicamento foi desenvolvido para liberar gradualmente sua substância ativa no organismo ao longo do tempo. Portanto, não é indicado abrir a cápsula ou mastigá-la.

Se você tiver dúvidas sobre como usar o Maleato de Dexclorfeniramina ou sobre qual dosagem é adequada para você, consulte seu médico ou farmacêutico antes de iniciar o tratamento. Eles poderão fornecer orientações específicas com base em suas necessidades individuais.

Ação do Maleato de Dexclorfeniramina: Para que serve?

Um estudo duplo-cego, cruzado foi realizado com vinte e três pacientes que sofriam de urticária crônica. Durante o estudo, os participantes receberam tratamento com cinarizina, dexclorfeniramina ou placebo. Os resultados mostraram que tanto a cinarizina quanto a dexclorfeniramina apresentaram uma melhora significativa nos sintomas clínicos em comparação ao placebo (p < 0,01). Não houve diferenças relevantes entre a cinarizina e a dexclorfeniramina no tratamento da urticária crônica, sendo ambas igualmente eficazes. Foi conduzido um estudo em 65 pacientes com rinite sazonal para comparar a eficácia e tolerância de dois medicamentos, terfenadina e dexclorfeniramina. Os participantes foram divididos aleatoriamente em dois grupos: um recebeu terfenadina na dose de 60mg duas vezes ao dia durante uma semana, enquanto o outro grupo recebeu dexclorfeniramina na dose de 2mg três vezes ao dia. Antes e depois do tratamento, os pacientes passaram por testes cutâneos para avaliar sua reatividade ao pólen. Aqueles que tiveram resultados positivos também tiveram medidas rinomanométricas realizadas para verificar a resistência nasal. Os participantes registraram diariamente a gravidade dos sintomas como obstrução nasal, rinorreia, espirros, olhos lacrimejantes, irritados e vermelhos, além de irritação no nariz, garganta e tosse. Também foram avaliadas a frequência e gravidade dos possíveis efeitos colaterais decorrentes do uso dos medicamentos. Contagem de pólen foram tomadas diariamente durante o período de tratamento. Os resultados mostraram que tanto a terfenadina como a dexclorfeniramina produziram bom ou excelente alívio dos principais sintomas em 78% e 73% dos pacientes, respectivamente. Não houve correlação significativa entre a contagem de pólen e a redução da gravidade dos sintomas. Ambas as drogas produziram uma redução da resistência nasal total, mas isso não foi significativamente diferente do valor inicial, nem houve uma diferença significativa entre os tratamentos. 2 Um estudo comparou a eficácia do maleato de dexclorfeniramina 6mg com a terfenadina 60mg no controle dos sintomas da febre do feno Ragweed. Também foram avaliados a tolerância e a ocorrência de reações adversas. O estudo foi realizado com grupos paralelos multicêntricos randomizados, duplo-cego, envolvendo um total de 174 pacientes divididos igualmente entre os dois grupos. Durante duas semanas, durante as últimas duas semanas de agosto e as primeiras duas semanas de setembro de 1983, 87 pacientes receberam dexclorfeniramina e outros 87 receberam terfenadina. Os resultados indicaram que o maleato de dexclorfeniramina nas doses testadas foi significativamente mais eficaz no controle dos sintomas da febre do feno em comparação com a terfenadina. Um estudo comparativo foi realizado para avaliar a eficácia, tolerância e efeitos colaterais do maleato de dexclorfeniramina 6 mg duas vezes ao dia em relação à terfenadina 60 mg duas vezes ao dia. O estudo foi publicado no Journal of International Medical Research em 1985 e envolveu a análise de dados de um grupo de pacientes.

Efeitos do maleato de Dexclorfeniramina como remédio

O Maleato de Dexclorfeniramina é um medicamento utilizado para tratar diversos problemas de saúde. Ele pode ser útil no tratamento de condições hematológicas, como anemia hemolítica (quando há uma diminuição das células vermelhas do sangue), anemia hipoplásica (quando a medula óssea não produz células sanguíneas suficientes), trombocitopenia (diminuição do número de plaquetas) e agranulocitose (queda significativa dos glóbulos brancos).

Além disso, o Maleato de Dexclorfeniramina também pode ajudar em problemas neurológicos, como visão borrada e nervosismo. Esses sintomas podem estar relacionados a alergias ou reações inflamatórias.

Características Farmacológicas do Maleato de Dexclorfeniramina

O Maleato de Dexclorfeniramina é uma substância sintética que tem a capacidade de bloquear os efeitos da histamina, sendo muito útil no tratamento e alívio dos sintomas das alergias.

A atividade desse composto parece estar relacionada à sua competição com a histamina pelos receptores celulares.

A eficácia da dexclorfeniramina, um isômero opticamente ativo da clorfeniramina, foi comprovada por meio de experimentos in vitro e in vivo que demonstraram sua potente atividade anti-histamínica. O isômero dextrógero mostrou ser o principal responsável por essa atividade.

You might be interested:  Torsilax: Alívio eficaz para dores de cabeça

Após a ingestão de 4mg de maleato de clorfeniramina por voluntários saudáveis em jejum, observou-se uma rápida detecção nos níveis sanguíneos. O pico máximo de concentração no sangue foi atingido aproximadamente três horas após a administração, com cerca de 7mg/mL. A meia-vida do maleato de clorfeniramina variou entre 20 e 24 horas. Quando o maleato de clorfeniramina marcado com trítio foi administrado em dose única, tanto por via oral quanto intravenosa, ocorreu uma extensa metabolização da droga. Tanto o fármaco quanto seus metabólitos foram principalmente excretados na urina, sendo que 19% da dose total apareceu nas primeiras 24 horas e um total de 34% em até 48 horas.

Em um estudo realizado com pessoas saudáveis, foi observado que a velocidade do fluxo de urina ácida influencia na excreção do maleato de clorfeniramina. Durante uma faixa específica de concentração no sangue, entre 0,28 e 1,24mcg/mL, cerca de 72% a 69% da clorfeniramina estava ligada às proteínas plasmáticas.

  • Bula do Profissional do Medicamento Polaramine ®.

Efeito sedativo do maleato de Dexclorfeniramina

O maleato de dexclorfeniramina é um medicamento que age como anti-histamínico, ou seja, ele ajuda a combater os sintomas causados por reações alérgicas no corpo. Ele é indicado para tratar condições como urticária, eczema, dermatite atópica, dermatite de contato e picadas de inseto.

Esse medicamento pode ser encontrado em diferentes formas nas farmácias, como comprimidos para serem ingeridos via oral, cremes para aplicação tópica na pele e xaropes para administração oral. A forma de uso vai depender do tipo e gravidade da condição a ser tratada.

É importante ressaltar que o maleato de dexclorfeniramina deve ser utilizado apenas sob orientação médica. O profissional irá avaliar o caso específico do paciente e determinar qual a melhor forma de uso e dosagem adequada. É fundamental seguir todas as instruções médicas corretamente para garantir uma utilização segura e eficaz do medicamento.

É seguro tomar Maleato de Dexclorfeniramina se estiver gripado?

O maleato de dexclorfeniramina é um medicamento recomendado para crianças acima de 12 anos e adultos. Ele é uma opção acessível e segura para aliviar sintomas de gripes, resfriados, rinites, sinusites e outras reações alérgicas. Isso acontece porque o medicamento contém substâncias que ajudam a combater os sintomas da alergia, como coceira no nariz e nos olhos, espirros e coriza. Além disso, ele também pode conter analgésicos e antitérmicos para tratar dores no corpo ou febre associadas a essas condições.

– O maleato de dexclorfeniramina é um medicamento seguro.

– É indicado para crianças acima de 12 anos e adultos.

– Ajuda a aliviar sintomas de gripes, resfriados, rinites, sinusites e reações alérgicas.

– Pode conter analgésicos ou antitérmicos adicionais.

Lembrando que sempre é importante consultar um médico antes de iniciar qualquer tratamento com medicamentos.

Elimine a tosse em apenas 2 minutos

Uma opção eficaz para tratar os sintomas de tosse é o chá de limão, gengibre e mel. O mel possui propriedades anti-inflamatórias e antimicrobianas, que podem ajudar a aliviar a irritação na garganta causada pela tosse. Além disso, o gengibre também apresenta esses benefícios, além de possuir ação analgésica, podendo reduzir a dor e o desconforto associados à tosse.

Para preparar esse chá medicinal, basta adicionar suco de meio limão espremido em uma xícara com água quente. Em seguida, acrescente uma colher de sopa de mel e algumas fatias finas de gengibre fresco. Deixe em infusão por alguns minutos antes de consumir.

Além do tratamento da tosse propriamente dita, é importante lembrar que manter-se hidratado durante todo o dia também pode auxiliar no alívio dos sintomas. Beber bastante água ou outros líquidos saudáveis ​​ajuda a diluir as secreções nas vias respiratórias e facilita sua eliminação.

P.S.: É sempre recomendado consultar um médico antes de iniciar qualquer tipo de tratamento caseiro para garantir que seja seguro e adequado ao seu caso específico.

Tempo necessário para o maleato de Dexclorfeniramina fazer efeito

Após tomar 2 mg de maleato de dexclorfeniramina por via oral, o medicamento começa a fazer efeito em cerca de 30 minutos. A dexclorfeniramina é um anti-histamínico que age bloqueando os efeitos da histamina, uma substância liberada pelo corpo durante reações alérgicas. O interessante sobre esse medicamento é que sua ação dura bastante tempo, podendo chegar até 48 horas.

O maleato de dexclorfeniramina é utilizado para tratar sintomas alérgicos como coceira nos olhos ou nariz escorrendo causados por rinite alérgica sazonal (alergia ao pólen) ou perene (alergia à poeira). Ele também pode ser usado para aliviar sintomas associados a urticária (urticária), como erupções cutâneas com coceira. É importante ressaltar que este medicamento não cura as condições subjacentes às reações alérgicas, mas ajuda a controlar os sintomas desconfortáveis ​​que elas causam.

É essencial seguir as instruções do médico ou farmacêutico ao usar o maleato de dexclorfeniramina. A dose recomendada varia dependendo da idade e do peso do paciente, além da gravidade dos sintomas. Além disso, algumas pessoas podem experimentar sonolência após tomar este medicamento, portanto é importante evitar dirigir veículos ou operar máquinas pesadas enquanto estiver sob seu efeito. Se houver qualquer dúvida sobre o uso deste medicamento ou se os sintomas persistirem mesmo após usá-lo, deve-se consultar um profissional de saúde.