Qual A Data De Declaração De Imposto De Renda 2023? - CLT Livre

Qual A Data De Declaração De Imposto De Renda 2023?

Qual A Data De Declaração De Imposto De Renda 2023

Quando começa a declarar IR 2023?

Qual é o prazo para entrega da declaração do Imposto de Renda 2023? – A declaração do Imposto de Renda 2023 pode ser entregue desde 15 de março até o dia 31 de maio. No total, são 78 dias para preencher e enviar toda a documentação. Caso a declaração não seja entregue até o fim do prazo legal, o contribuinte recebe uma multa de 1% ao mês do imposto devido, com valor mínimo de R$ 165,74 e máximo de 20% do imposto devido.
Ver resposta completa

Que tipo de Imposto e o das?

Quais os tributos federais? – A lista de impostos federais é a maior entre todas, sendo que eles são responsáveis pela maior parte da arrecadação do montante total.

II: Imposto sobre importação

Incide diretamente sobre mercadorias estrangeiras que entram no país, sejam eles comprados pela internet ou em viagem. Quem arca com este imposto sempre é o importador. É calculado de acordo o que está previsto no Acordo Sobre a Implementação, com taxas variáveis. Sua função é apenas regulatória.

IOF: Imposto sobre Operações Financeiras

Este imposto possui diversos tipos de taxas para cada tipo de operação financeira sobre a qual ele incide e também está em alteração constante, de acordo a decisão do governo brasileiro. No cartão de crédito, por exemplo, o IOF só incide em caso de atraso de pagamento da fatura.

IPI: Imposto sobre Produtos Industrializados

O IPI pode incidir sobre todo tipo de produto industrializado assim que ele sai da fábrica. O percentual que incide sobre o valor do produto (alíquota) pode ser variável, conforme elencado na TIPI 2022 : produtos essenciais como alimentos possuem alíquota menor que produtos supérfluos, e produtos como cigarro possuem uma alíquota mais elevada como forma de conter os danos à saúde da população.

You might be interested:  Artigo Cientifico Sobre O Paladar?

IRPF: Imposto de Renda Pessoa Física

O IRPF é imposto que recai sobre as rendas das pessoas físicas que tenham tido uma renda acima do teto estabelecido pela Receita que atualmente tem a faixa de tributação mensal acima de R $1.903,98 Uma vez por ano as pessoas físicas devem enviar suas declarações de rendimento para Receita Federal, onde é verificado a coerência no pagamento dos impostos.

IRPJ

Semelhante ao IRPF, porém esse incide sobre as pessoas jurídicas do país e pode ser feito de forma anual ou trimestral. A alíquota pode variar de acordo com o modelo de tributação da empresa em questão, mas geralmente gira em torno de 15% do lucro nos casos onde a empresa fatura acima de R $20.000,00 por mês terá um adicional de 10%.

Cofins

A Contribuição para Financiamento da Seguridade Social foi criada em 1991, incide sobre todas as pessoas jurídicas do país (exceto as optantes do Simples Nacional ) e é calculado sobre a receita bruta das empresas. Sua arrecadação é destinada a projetos de segurança social como aposentadoria, saúde pública, previdência social e programas de assistência social.

  1. Pelo recolhimento cumulativo: Para as empresas que utilizam o regime de lucro presumido a alíquota é firmada em 3% e não são descontados os créditos tributários inclusos em despesas.
  2. Pelo recolhimento não cumulativo: Este modelo é utilizado para as empresas que utilizam o regime de lucro real e aqui podem ser descontados os créditos tributários inclusos em despesas. Neste caso o valor do recolhimento fica em torno de 7,6%

Entretanto, no caso de pessoas jurídicas que trabalhe com importação a alíquota aplicada é de 9,65% para a Cofins-Importação.

You might be interested:  Código De Trânsito Artigo 281?

PIS

O Programa de Integração Social é um imposto que é recolhido junto ao Cofins, por isso muitas vezes são confundidos ou considerados a mesma coisa. Porém, enquanto o Cofins se destina a seguridade social, o PIS é destinado ao pagamento do abono salarial de mesmo nome.

CSLL

A Contribuição Social sobre Lucro Líquido é instituída pela lei n° 7.689/1988 e incide sobre todas as pessoas jurídicas do país. As regras aplicadas para apuração são as mesmas do Imposto de Renda de Pessoa Jurídica (IRPJ) que falamos acima. Entretanto a alíquota e a periodicidade podem variar de acordo o regime de tributação da empresa: Simples Nacional : Pelo Nacional o recolhimento acontece mensalmente pela guia do DAS, sem seguir as alíquotas de 9% ou 15%, as alíquotas de CSLL no simples nacional pode variar de 0,27% á 0,54% sobre o faturamento.

Lucro Real : Neste caso a apuração acontece a cada três meses, após os rendimentos do período serem apurados e são ajustadas pelo LALUR (Livro de Apuração do Lucro Real). Lucro Presumido : Neste regime a tributação também acontece trimestralmente. Após ser apurado o faturamento do período utiliza-se a alíquota de presunção do lucro que pode ser de até 32% para serviços gerais e 12% para o ramo imobiliário, industrial, comercial ou hospitalar.

Em seguida aplica-se sobre o valor encontrado na presunção a alíquota de 9% ou 15% para encontrar o valor a ser pago. Para quem é MEI, esse imposto está incluso na guia DAS-MEI.

INSS

O imposto referente ao INSS é destinado a Previdência Social e é uma obrigação das pessoas jurídicas. O não recolhimento desse imposto pode acarretar em medidas como multas e uma série de problemas com a Receita Federal. Para empresas optantes pelo Simples Nacional o INSS é recolhido junto com a DAS.
Ver resposta completa

You might be interested:  Artigo Sobre Icms Substituição Tributária?

Qual o valor do Imposto das?

Receita Bruta Total em 12 meses Alíquota Quanto descontar do valor recolhido
Até R$ 180.000,00 4,5% 0
De R$ 180.000,01 a R$ 360.000,00 9% R$ 8.100,00
De R$ 360.000,01 a R$ 720.000,00 10,2% R$ 12.420,00
De R$ 720.000,01 a R$ 1.800.000,00 14% R$ 39.780,00

Ver resposta completa

Quanto custa para fazer uma declaração de imposto de renda?

Quanto custa contratar um contador para a declaração do IRPF? – Contratar um contador para a declaração do Imposto de Renda da Pessoa Física (IRPF) pode ser uma ótima opção para quem deseja ter certeza que os seus impostos estão em dia. Mas quanto custa esse serviço? O preço para contratar um contador para fazer a declaração do IRPF pode variar muito.

  1. O valor do serviço vai depender dos documentos necessários, das informações e da complexidade da sua situação fiscal.
  2. Em geral, o custo pode variar entre R$260 e R$600, dependendo da extensão da declaração.
  3. A contratação de um contador especializado no Imposto de Renda também traz outros benefícios, como acesso a informações mais precisas sobre as leis fiscais e auxílio para tirar dúvidas e evitar penalidades ou erros na declaração.

Com o auxílio de um profissional, você terá muito mais tranquilidade na hora de prestar contas à Receita Federal ! Por isso é importante saber o valor que o contador cobra para fazer declaração de imposto de renda e decidir se vale a pena. E com certeza, a sua tranqulidade vale muito.
Ver resposta completa