Receita Federal Concurso 2024

Concurso da Receita Federal previsto para 2024

Receita Federal Concurso 2024

A convocação de 25% dos candidatos excedentes aprovados no cadastro reserva do último concurso da Receita Federal do Brasil foi autorizada. Essa informação foi confirmada por meio de um vídeo disponibilizado abaixo:

Conforme a publicação, há um certo interesse do Governo federal em realizar a convocação dos demais excedentes. Entretanto, o chamamento depende de um processo mais burocrático.

É importante ressaltar que anteriormente foi autorizado o chamamento de 697 candidatos aprovados para as vagas imediatas. A lista completa com os nomes dos novos profissionais está disponível abaixo:

  • Confira as nomeações na íntegra

Dentre todos os candidatos, 468 foram aprovados para o cargo de Analista-Tributário e outros 229 para a função de Auditor-Fiscal.

Já os ganhos iniciais para os cargos variam de R$ 12,7 mil a R$ 22,9 mil, respectivamente. Além disso, os aprovados terão inúmeros benefícios e vantagens que só a carreira pública pode oferecer!

A Receita Federal do Brasil, também conhecida como RFB, é um órgão responsável pela administração tributária e aduaneira no país. Atualmente, está em vigência um concurso público homologado até 12/2025 para preenchimento de vagas na instituição. A banca organizadora desse concurso é a FGV e estão disponíveis 699 vagas. Os salários iniciais foram reajustados para R$ 12.735,99 e R$ 22.921,71 respectivamente. O edital referente a esse concurso é o RFB 2022.

Ao longo deste artigo você confere as principais informações do edital do concurso da Receita Federal necessárias para a sua preparação:

A seguir, apresento as principais datas relacionadas à linha do tempo.

A alocação das vagas é determinada pela quantidade de inscritos interessados.

A profissão de Auditor e Analista é uma carreira que exige certos requisitos para ingressar. Além disso, a remuneração oferecida é atrativa e as atribuições desempenhadas são variadas. Atualmente, existem diversos cargos vagos nessa área.

Dos aprovados no concurso da Receita Federal, 75% estudaram utilizando os cursos oferecidos pelo Estratégia. Para mais informações, confira os detalhes disponíveis.

Concurso Receita Federal 2024: quais são as principais datas?

O cronograma do concurso para {palavra-chave} é o seguinte: em 13 de junho de 2022, foi autorizado o início do concurso; em 23 de agosto de 2022, foi publicada a dispensa de licitação; em 18 de outubro de 2022, foi divulgado o extrato do contrato; em 05 de dezembro de 2022, foi publicado o edital de abertura. As provas objetivas foram realizadas em março e abril de 2023, com os resultados preliminares sendo anunciados posteriormente. Em maio e junho desse mesmo ano, foram divulgados os resultados definitivos das provas objetivas e discursivas. Em setembro também ocorreu a divulgação dos resultados finais da primeira etapa e dos editais convocando para o curso de formação tanto na área do Auditor quanto no Analista. No entanto, houve uma suspensão determinada pela Justiça Federal em outubro que interrompeu temporariamente o processo seletivo. O concurso foi retomado posteriormente e teve seu resultado final divulgado em dezembro. As nomeações foram anunciadas no final deste mesmo mês e autorizada a nomeação adicional dos excedentes alguns meses depois.

Distribuição de vagas no Concurso da Receita Federal: saiba como funciona

Segue abaixo uma tabela que apresenta a distribuição das vagas disponíveis para os cargos de Auditor Fiscal e Analista Tributário. A tabela mostra o número de vagas reservadas para pessoas com deficiência (5%) e para candidatos negros (20%), além do total geral de vagas oferecidas.

Cargo | AC | PcD (5%) | Negros (20%) | Total

—|—|—|—|—

Auditor Fiscal | 172 | 12 | 46 | 230

Analista Tributário | 351 | 24 | 94 | 469

Esses dados são importantes para garantir a inclusão e diversidade no processo seletivo, promovendo igualdade de oportunidades aos candidatos.

Concurso da Receita Federal 2024: Alta demanda de inscritos

No concurso, o posto que atraiu mais candidatos foi o de analista, com um total de 102.856 inscrições. Enquanto isso, a função de auditor recebeu um número menor de interessados, com um total de 53.517 inscrições. Agora vamos verificar a relação entre candidato e vaga para cada cargo disponível no certame.

A tabela apresenta a quantidade de inscritos por cargo. No cargo de Auditor Fiscal, foram registradas 469 vagas e um total de 102.856 candidatos, resultando em uma média de 219,31 candidatos por vaga. Já no cargo de Analista Tributário, houve um total de 230 vagas e 53.517 inscritos, com uma média de 232,68 candidatos por vaga.

Concurso da Receita Federal 2024: quais são as fases de avaliação?

O concurso da Receita Federal foi composto por duas fases distintas.

A primeira etapa do processo consistiu em três fases: a prova objetiva, a prova discursiva e a pesquisa de vida pregressa. A prova objetiva tinha caráter eliminatório e classificatório, assim como a prova discursiva. Já a pesquisa de vida pregressa era apenas eliminatória.

A segunda fase incluiu um curso de formação profissional que era obrigatório para os participantes.

A fase inicial do concurso ocorreu em todas as capitais brasileiras, com a exceção da etapa de Pesquisa de Vida Pregressa, que foi realizada através da internet.

A próxima fase foi conduzida por meio de uma combinação de métodos online, tanto síncronos quanto assíncronos, utilizando a modalidade de Ensino a Distância (EAD). As avaliações foram realizadas tanto online quanto presencialmente, em até cinco polos diferentes.

As cidades de Brasília/DF, Manaus/AM, Recife/PE, São Paulo/SP e Curitiba/PR são algumas das principais capitais brasileiras.

Concurso da Receita Federal 2024: Prova Objetiva

No dia 19 de março, ocorreram as Provas Objetiva e Discursiva em todas as capitais do Brasil. Essas provas foram aplicadas em dois turnos.

You might be interested:  Consulta Calendário Pis/Pasep 2024: Descubra as datas de pagamento!

Durante a manhã, das 8h às 12h30, será realizada uma prova objetiva de conhecimentos básicos. Já no período da tarde, das 15h às 19h30, serão aplicadas as provas objetivas de conhecimentos específicos e discursiva.

Tanto para as duas posições, o processo seletivo consistiu em questões de múltipla escolha, com cinco opções cada uma e apenas uma resposta correta. As disciplinas abordadas foram: [listar as disciplinas].

No Módulo I do curso, que ocorre pela manhã, serão abordados conhecimentos básicos. Nesta etapa, serão aplicadas questões de Língua Portuguesa (10 questões), Língua Inglesa (08 questões), Raciocínio Lógico-Matemático (08 questões), Estatística (06 questões), Economia e Finanças Públicas (06 questões), Administração Geral (08 questões), Administração Pública (08 questões), Auditoria (08 questões), Contabilidade Geral e Pública (08 questões) e Fluência em Dados (10 questões). Ao todo, serão 80 perguntas a serem respondidas nessa fase inicial do curso.

Na segunda parte do módulo, intitulada Conhecimentos Específicos, que ocorre à tarde, serão abordadas diversas áreas do direito e legislação. Serão 60 questões no total, distribuídas da seguinte forma: Direito Administrativo (08 questões), Direito Constitucional (08 questões), Direito Previdenciário (08 questões), Direito Tributário (10 questões), Legislação Tributária (08 questões), Comércio Internacional (08 questões) e Legislação Aduaneira (10 questões).

O Módulo I do curso aborda os conhecimentos básicos e é realizado durante a manhã. Neste módulo, são aplicadas questões nas seguintes áreas: Língua Portuguesa (15 questões), Língua Inglesa (10 questões), Raciocínio Lógico-Matemático (10 questões), Contabilidade Geral (10 questões), Administração Geral e Pública (10 questões) e Fluência em Dados (15 questões). No total, são 70 questões no Módulo I.

No Módulo II do exame, que ocorre à tarde, serão abordados conhecimentos específicos. Esses conhecimentos incluem Direito Constitucional com 14 questões, Direito Administrativo com 12 questões, Direito Tributário com 16 questões, Legislação Tributária com 14 questões e Legislação Aduaneira com mais 14 questões. No total, serão aplicadas 70 questões nesse módulo.

O candidato que atendeu aos critérios estabelecidos foi aprovado na Prova Objetiva.

O candidato precisa alcançar uma taxa de acerto de 50% tanto em Conhecimentos Básicos quanto em Conhecimentos Específicos, e não pode obter nota zero em nenhuma das disciplinas.

Concurso Receita Federal 2024: Prova Discursiva

No processo seletivo para o cargo de Auditor Fiscal, foi aplicada uma Prova Discursiva composta por duas questões. Já para a posição de Analista Tributário, houve apenas uma questão discursiva na etapa avaliativa, ambas com valor máximo de 30 pontos.

A avaliação levou em conta a precisão das respostas fornecidas, o nível de conhecimento demonstrado pelo candidato sobre o assunto e a clareza e coesão da exposição. É relevante ressaltar que não foi permitido nenhum tipo de consulta durante o processo.

Curso de formação para a Receita Federal em 2024

O treinamento profissional, que era obrigatório para todos os participantes, durou 240 horas e incluiu uma prova objetiva final com duração de 4 horas.

O curso foi criado na modalidade de ensino online, conhecida como Ensino a Distância (EAD), e as avaliações são feitas presencialmente em até cinco polos.

Algumas das capitais do Brasil são Brasília, Manaus, Recife, São Paulo e Curitiba.

O candidato seria considerado aprovado no Curso de Formação Profissional se atendesse aos seguintes critérios:

Metade da pontuação total na Prova Objetiva Final e uma frequência de 75% durante o Curso de Formação Profissional são requisitos essenciais.

Próximo concurso de Auditor Fiscal: Quando será?

De acordo com informações do órgão, foi feito um pedido para a realização de um novo concurso público para Auditores Fiscais no ano de 2024. Dentre as vagas solicitadas, 50 seriam destinadas à área de Tecnologia da Informação (TI). Além disso, há perspectivas de que seja realizado um novo certame para Auditor Fiscal com um total de 150 vagas. Vale ressaltar que esse concurso também estava previsto no orçamento referente ao ano de 2023.

Perspectivas:

– Novo concurso público solicitado para Auditor Fiscal com 150 vagas.

– Pedido inclui destinação específica de 50 vagas para a área de TI.

1. Realização do novo concurso em 2024.

2. Solicitação contempla o preenchimento de cargos na carreira dos Auditores Fiscais.

3. Área da Tecnologia da Informação será beneficiada com a abertura das vagas.

4. Há expectativa também sobre a realização do certame em conformidade com o orçamento estabelecido para o ano anterior, ou seja, em 2023.

Concurso Receita Federal: descubra mais sobre a carreira!

Para se tornar um Auditor Fiscal, é necessário possuir um diploma de graduação em curso superior registrado por uma instituição de ensino reconhecida pelo Ministério da Educação. O mesmo requisito se aplica para a função de Analista Tributário.

Salários de Auditor Fiscal e Analista Tributário: Quanto ganham?

Como mencionado anteriormente, houve um aumento de 9% na remuneração inicial dos cargos de Analista Tributário e Auditor Fiscal. Após esse reajuste, a remuneração passou a ser de R$ 12.735,99 para Analista Tributário e R$ 22.921,71 para Auditor Fiscal.

A estrutura remuneratória por cargo é apresentada na tabela abaixo. Ela mostra os cargos de Auditor Fiscal e Analista Tributário, juntamente com suas respectivas remunerações iniciais e finais.

– Cargo: Auditor Fiscal

– Remuneração inicial: R$ 22.921,71

– Remuneração final: R$ 29.760,95

– Cargo: Analista Tributário

– Remuneração inicial: R$ 12.735,99

– Remuneração final: R$ 17.740,89

No entanto, é importante ressaltar que esses valores podem ser ainda mais elevados. Ao consultar o Portal da Transparência, é possível constatar que Auditores recebem salários que variam de R$ 23 mil a R$ 29 mil, por exemplo. Já no caso dos Analistas, há servidores que ganham até R$ 27 mil.

Além disso, houve a aprovação da alteração na execução do decreto referente ao bônus de eficiência. Os valores iniciais serão de R$ 4.500,00 até julho de 2024 e poderão chegar a R$ 11,5 mil a partir de 2026.

Atribuições da Receita Federal no Concurso de 2024

O Analista Tributário da Receita Federal do Brasil é responsável por realizar atividades técnicas, acessórias e preparatórias para auxiliar o Auditor-Fiscal. Além disso, ele também atua na análise de assuntos e processos administrativos, exceto quando se trata de decisões relacionadas a questões tributárias, que são atribuição exclusiva do Auditor-Fiscal.

A prestação de um serviço relevante à Administração Tributária e Aduaneira da União é realizada por meio da execução de atividades especializadas, com o objetivo de oferecer apoio operacional às atribuições da Secretaria da Receita Federal do Brasil (RFB) e suas autoridades.

Confira também: Quais são as responsabilidades de um Auditor Fiscal?

Vagas disponíveis na Receita Federal para o Concurso de 2024

Atualmente, a Receita Federal tem aproximadamente 12.890 posições abertas para o cargo de Auditor Fiscal e 10.296 posições abertas para o cargo de Analista Tributário. Somando esses números, há um total de 23.186 cargos vagos entre Auditores e Analistas na instituição.

You might be interested:  Programa IRPF 2024 - Agora Disponível para Declaração de Imposto de Renda

Número de inscritos para Auditor Fiscal do Trabalho em 2024

Há informações recentes sobre o concurso AFT, caro concurseiro. A Cesgranrio divulgou a quantidade de pessoas inscritas no processo seletivo para o cargo de Auditor Fiscal do Trabalho (AFT) do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE). O número total de inscritos ultrapassou 315 mil candidatos.

Concurso da Receita Federal: análise dos últimos editais

  • Confira mais detalhes das nomeações

Receita Federal – Concurso 2024: Nota de Corte

A pontuação mínima necessária para ser aprovado em um concurso varia consideravelmente de acordo com cada certame. Isso ocorre porque o grau de dificuldade das provas também difere entre eles. Nas tabelas a seguir, é possível verificar como as notas dos candidatos aprovados nos três concursos mais recentes da Receita Federal têm evoluído ao longo do tempo.

– O conceito de nota de corte

– As notas de corte nos concursos mais recentes da Receita Federal

O concurso mais desafiador do Brasil

O concurso para o cargo de Diplomata é considerado o mais difícil do Brasil. Especialmente no poder Executivo Federal, a obtenção dessa posição é extremamente desafiadora. Isso se deve ao fato de que há um número muito limitado de vagas disponíveis e uma grande exigência de conhecimentos em diversas áreas. Além disso, o processo seletivo conta com várias fases, tornando necessário uma intensa preparação por parte dos candidatos.

Lista das características do concurso para Diplomata:

1. Número restrito de vagas.

2. Cobrança abrangente de conteúdos.

3. Diversas etapas no processo seletivo.

4. Exige extensa preparação dos candidatos.

Esses aspectos combinados fazem com que o concurso para Diplomata seja reconhecido como um dos mais difíceis e competitivos do país.

Concurso Receita Federal 2024: Provas e Cadernos

O concurso para Auditor Fiscal (FGV – 2023) abrange diferentes áreas de conhecimento. Os candidatos serão avaliados em Conhecimentos Gerais e Conhecimentos Específicos. Além disso, os gabaritos preliminares serão disponibilizados aos participantes.

O cargo de Analista Tributário (FGV – 2023) requer conhecimentos gerais e específicos. Além disso, é importante consultar os gabaritos preliminares para avaliar o desempenho na prova.

Em 2014, a ESAF promoveu um concurso para o cargo de Auditor Fiscal. A seleção envolvia avaliação tanto de conhecimentos gerais quanto específicos. Além disso, os gabaritos estavam disponíveis aos candidatos após a realização da prova.

  • Auditor Fiscal (ESAF – 2012)
    • Conhecimentos Gerais (com Espanhol)
    • Conhecimentos Gerais (com Inglês)
    • Conhecimentos Específicos I
    • Conhecimentos Específicos II
    • Gabaritos

    O cargo de Analista Tributário foi oferecido em um concurso realizado pela ESAF no ano de 2012. O exame abordou conhecimentos gerais, bem como conhecimentos específicos nas áreas geral e de informática. Além disso, os gabaritos das questões foram disponibilizados aos candidatos.

    O cargo de Técnico da Receita Federal, conforme o concurso realizado pela ESAF em 2006, abrange diferentes áreas de atuação. Essas áreas incluem a tributação e aduana, tanto em aspectos gerais quanto específicos, além da tecnologia da informação também nos âmbitos geral e específico.

    Tempo necessário para ser aprovado no concurso da Receita Federal

    De acordo com a previsão, o edital da Receita Federal será divulgado até o final deste ano. Supondo que a prova desse concurso ocorra em 1º de dezembro e você consiga estudar por 4 horas líquidas por dia, considerando que hoje é dia 14/07/2022, você teria um total de 140 dias para se preparar.

    Para aproveitar ao máximo esse tempo de estudo, é importante criar uma rotina diária consistente. Reserve um horário fixo todos os dias para se dedicar aos estudos e evite distrações durante esse período. Organize seu material de estudo antecipadamente e defina metas realistas para cada sessão.

    Uma estratégia eficaz é dividir as matérias em blocos menores e alterná-las ao longo dos dias. Isso ajudará a manter o interesse e evitará sobrecarga em uma única disciplina. Por exemplo, você pode estudar Direito Tributário na segunda-feira, Português na terça-feira, Matemática Financeira na quarta-feira e assim por diante.

    Além disso, utilize técnicas de memorização como resumos, mapas mentais ou flashcards para revisar regularmente o conteúdo já estudado. Faça exercícios práticos relacionados às matérias abordadas nas provas anteriores do concurso da Receita Federal.

    Lembre-se também da importância do descanso adequado. Tire pequenas pausas entre os períodos de estudo intensivo para relaxar a mente e evitar fadiga mental. Pratique atividades físicas regulares e mantenha uma alimentação saudável para garantir energia suficiente durante todo o processo preparatório.

    Com disciplina, organização e dedicação, você estará mais preparado para enfrentar o concurso da Receita Federal e aumentar suas chances de sucesso. Aproveite os 140 dias disponíveis e mantenha-se motivado ao longo dessa jornada rumo à aprovação.

    Concurso Receita Federal 2024: Assinatura para a preparação

    Existem diversas oportunidades de concursos disponíveis atualmente. Entre elas, estão os concursos abertos para diferentes áreas e também os concursos fiscais. Além disso, é importante destacar que já há previsão de concursos para o ano de 2024. Essas são algumas opções interessantes para quem busca ingressar no serviço público por meio de um concurso.

    Concurso Receita Federal: Informações Atualizadas

    As informações sobre o concurso para Analista Tributário e Auditor Fiscal são as seguintes: O certame está previsto para ocorrer nos anos de 2022 e 2023, com um total de 699 vagas disponíveis. A banca responsável pela realização do concurso é a FGV. É exigido nível superior em qualquer área como requisito de escolaridade. O edital referente ao concurso é o Edital RFB 2022, havendo também algumas retificações que foram divulgadas, sendo elas a Retificação 1, Retificação 2 e Retificação 3, além do cronograma estabelecido.

    Novo concurso da Receita está confirmado?

    De acordo com informações não oficiais que estão circulando na internet, a Receita Federal do Brasil (RFB) poderá realizar um novo concurso em 2024. Mesmo com o concurso previsto para 2022, há uma demanda crescente por novos servidores no órgão, o que indica a necessidade de uma nova seleção em breve.

    A RFB é responsável pela administração dos tributos federais e pelo controle aduaneiro nas fronteiras brasileiras. Com um papel fundamental na arrecadação e fiscalização dos impostos, a Receita Federal desempenha um importante papel na economia do país.

    Um concurso da Receita Federal oferece oportunidades de carreira estável e salários atrativos para os candidatos aprovados. Além disso, as atribuições do cargo envolvem atividades relacionadas à análise de documentos fiscais, auditorias e investigações sobre sonegação fiscal.

    Portanto, caso se confirme a realização de um novo concurso da Receita Federal em 2024, será uma excelente oportunidade para quem busca estabilidade profissional e deseja atuar em uma área estratégica para o desenvolvimento econômico do país.

    A dificuldade de ser aprovado no concurso de Auditor Fiscal

    O concurso para o cargo de Auditor da Receita Federal é historicamente considerado mais difícil do que para o cargo de Analista. Isso se deve ao fato das provas de Auditor possuírem maior densidade no conteúdo programático, com mais matérias e questões de nível elevado. A seguir, apresento uma lista dos principais desafios enfrentados pelos candidatos que buscam ingressar na Receita Federal como Auditores:

    1. Ampla abrangência do conteúdo programático: O edital costuma contemplar diversas disciplinas, como Direito Tributário, Contabilidade Geral e Avançada, Legislação Aduaneira, entre outras.

    3. Quantidade significativa de leis e normativas: É necessário estudar as legislações específicas relacionadas à área tributária e aduaneira.

    4. Interpretação técnica das normas jurídicas: Além do conhecimento teórico, é preciso saber aplicar corretamente as leis em situações práticas.

    5. Exigência de raciocínio lógico-matemático avançado: As questões podem envolver cálculos complexos ou problemas que requerem habilidades analíticas apuradas.

    6. Atualização constante sobre mudanças na legislação fiscal: A Receita Federal está sempre atualizando suas normativas e é fundamental acompanhar essas alterações durante a preparação para o concurso.

    7. Concorrência acirrada: Devido à atratividade da carreira na Receita Federal, há uma grande quantidade de candidatos disputando as vagas, o que aumenta a pressão e a necessidade de um estudo eficiente.

    8. Provas discursivas: Além das questões objetivas, os candidatos também precisam se preparar para elaborar redações e pareceres técnicos.

    9. Fase de avaliação de títulos: Após serem aprovados nas provas escritas, os candidatos devem apresentar documentos comprobatórios de sua formação acadêmica e experiência profissional.

    10. Exigência do Teste de Aptidão Física (TAF): Para alguns cargos específicos da Receita Federal, como Auditor-Fiscal da Receita Federal do Brasil – Área Aduaneira, é necessário passar por essa etapa física após as provas escritas.

    Portanto, é fundamental que os interessados em participar do concurso para Auditor da Receita Federal estejam cientes desses desafios e se preparem adequadamente para enfrentá-los durante o processo seletivo.

    A dificuldade de ser aprovado no concurso para Auditor Fiscal

    O que vai determinar se você será aprovado no concurso da Receita Federal em 2024 é o seu comprometimento e esforço, além da capacidade de encontrar os melhores materiais de estudo na área fiscal. Embora o início dos estudos para um concurso de auditor fiscal possa parecer difícil, com algumas orientações você perceberá que a preparação não é tão complicada assim.

    Para se preparar adequadamente para o concurso da Receita Federal em 2024, é importante dedicar tempo e energia aos estudos. Isso significa criar uma rotina diária ou semanal de estudo, reservando um período específico do dia para revisar as matérias exigidas no edital do concurso. Além disso, buscar materiais atualizados e confiáveis sobre a área fiscal também é essencial para garantir uma boa preparação.

    Outra dica importante é participar de grupos de estudo ou cursos preparatórios voltados especificamente para concursos fiscais. Esses ambientes proporcionam trocas de conhecimentos e experiências com outras pessoas que estão na mesma jornada rumo à aprovação no concurso da Receita Federal em 2024. Além disso, contar com professores especializados nessa área pode ajudar a esclarecer dúvidas e fornecer direcionamentos importantes durante os estudos.

    Salário mensal de um Auditor Fiscal

    A remuneração variável para o cargo de Auditor Fiscal da Receita Federal no Brasil é de R$ 36.000, com uma variação entre R$ 12.000 e R$ 36.000. Essas estimativas são baseadas em informações sigilosas enviadas ao Glassdoor por pessoas que ocupam esse cargo no país.

    A seguir, apresentamos uma lista com algumas informações relevantes sobre a remuneração do Auditor Fiscal da Receita Federal:

    1. A média salarial para esse cargo é de aproximadamente R$ 24.500.

    2. O salário inicial pode variar entre R$ 15.000 e R$ 20.000.

    3. Com o tempo de serviço e progressão na carreira, é possível alcançar um salário máximo próximo aos R$ 36.000 mencionados anteriormente.

    4. Além do salário fixo, os Auditores Fiscais também podem receber benefícios como auxílio-alimentação, auxílio-transporte e plano de saúde.

    5 . Vale ressaltar que esses valores podem sofrer alterações ao longo dos anos, conforme reajustes determinados pelo governo federal.

    6 . A carga horária semanal para esse cargo costuma ser de cerca de 40 horas.

    7 . Os Auditores Fiscais têm estabilidade empregatícia garantida após aprovação em concurso público e posse no cargo efetivo.

    8 . Além disso, existem oportunidades para progressão na carreira através das chamadas “promoções verticais”, que permitem aumentos salariais significativos ao longo do tempo.

    9 . É importante destacar que a concorrência nos concursos públicos para ingresso nessa área costuma ser alta, dada a atratividade da remuneração e estabilidade oferecidas.

    10 . Por fim, é fundamental que os interessados em seguir carreira como Auditor Fiscal da Receita Federal estejam preparados para enfrentar um processo seletivo rigoroso, composto por provas objetivas, discursivas e de títulos.

    Existe idade máxima para concurso de Auditor Fiscal?

    De acordo com a legislação que estabelece os cargos de Auditor Fiscal e Analista Tributário na Receita Federal, não há previsão de idade máxima para ingresso na carreira. Isso significa que a instituição não pode exigir tal requisito no edital do concurso público. A ausência dessa restrição é uma forma de garantir igualdade de oportunidades aos candidatos, independentemente da faixa etária em que se encontram.

    Essa abertura quanto à idade dos candidatos reflete o entendimento de que a experiência e conhecimentos adquiridos ao longo dos anos podem ser valiosos para o desempenho das atividades relacionadas à fiscalização tributária. Além disso, essa política também contribui para evitar possíveis discriminações baseadas unicamente na idade.

    É importante ressaltar que as provas aplicadas nos concursos públicos têm como objetivo avaliar os conhecimentos técnicos necessários para o exercício das funções específicas do cargo. Dessa forma, é mais relevante verificar se os candidatos possuem as habilidades e competências requeridas pela Receita Federal do que impor limitações relacionadas à idade.

    É bom ser Auditor Fiscal do trabalho?

    O cargo de Auditor Fiscal do Trabalho é muito desejado por muitas pessoas que buscam uma carreira no serviço público. Isso acontece porque os auditores fiscais recebem salários atrativos, podendo ultrapassar os R$ 20 mil, além de terem estabilidade no emprego e a oportunidade de trabalhar na proteção dos direitos trabalhistas. Por esses motivos, a carreira de auditor fiscal do trabalho é considerada prestigiosa entre aqueles que se preparam para concursos públicos.

    A Receita Federal é um órgão importante do governo brasileiro responsável pela administração e fiscalização dos tributos federais. O concurso da Receita Federal costuma ser bastante concorrido, pois oferece vagas em diferentes cargos com bons salários e benefícios. No ano de 2024 está previsto um novo concurso para a Receita Federal, o que desperta ainda mais interesse entre os candidatos interessados em ingressar nessa área.